sábado, 31 de julho de 2010

McAuley-Schenker Group (MSG)



Para contar a história do Michael Schenker Group, é preciso antes relembrar um pouco da história e da vida do próprio Michael Schenker. O alemão começou a tocar guitarra aos 16 anos de idade e, ao lado de seu irmão, e também guitarrista, Rudolf, criou o que se tornaria uma das mais importantes bandas da história do Rock: o Scorpions.

O time ainda contava com o baterista Wolfgang Dziony, com o baixista Lothar Heimberg e com o vocalista Klaus Meine. Gravam o ‘debut’ “Lonesome Crow”, em 1972, que com apenas 7 faixas tornou-se uma pequena demosntração do talento e da técnica de Michael.

Saem em turnê com o UFO e o guitarrista acaba deixando o Scorpions para substituir Bernie Marsden, no próprio UFO. Com a nova banda, grava alguns álbuns que se tornaram grandes clássicos como “Phenomenon”, em 1974, “Lights Out”, em 1977 e o último deles, “Obsession”, em 1978.

No ano seguinte, o alemão volta ao Scorpions apenas para gravar “Loverdrive” e, com toda essa bagagem, dá início, em 1980, a sua própria banda, batizada de Michael Schenker Group. O ‘debut’, auto intitulado, saiu em 1980 e serviu para mostrar ao público todo o potencial do guitarrista e de sua banda, completada por um time de primeiríssima linha com Simon Philips na bateria, Mo Foster no baixo, Gary Barden nas vozes e Don Airey nos teclados. “MSG II” chegou um ano depois e já trazia mudanças no ‘line up’ com Cozy Powell assumindo as baquetas, Chris Glenn as 4 cordas e Paul Raymond os teclados.

A partir daí, muitos clássicos foram lançados como, “One Night At Budokan”, de 1982 e “Rock Will Never Die”, de 1984. Em 1987, porém, o vocalista Robin McAuley passa a fazer parte do grupo e a sigla MSG torna-se McAuley Schenker Group. Essa parceria dura até 1992, quando a dupla lançou “Unplugged Live”, “Nightmare”...e eu acredito que melhor do que procurar por fotos da banda, é assistir ao video!^

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Scorpions - Always somewhere



Formados em 1965, os Scorpions passaram os primeiros 18 anos sem conseguir muito sucesso nos EUA, embora já fossem bastante famosos na Europa e no Japão. Apenas com o lançamento do álbum Love at First Sting, a banda conseguiu agarrar as paradas americanas. Reconhecidos pelo single Rock You Like a Hurricane, os Scorpions assumiam um papel de destaque no rock. No início da década de 1990, tiveram fama com o álbum Crazy World e a música Wind of Change, inspirado nas mudanças sociais ocorridas no Leste Europeu e também no fim da Guerra fria.

Foi a primeira banda a tocar na Rússia após a extinção da União Soviética e, em 21 de julho de 1990 foram convidados a participar no espetáculo de Roger Waters, The Wall in Berlin, juntamente com outros como Van Morrison e Bryan Adams.

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Ozzy Osbourne

video
Nascido em Aston, Birmingham, Reino Unido no dia 3 de Dezembro de 1948, Ozzy tem uma carreira de quase cinco décadas, inicialmente, alcançou notoriedade como vocalista da banda inglesa de heavy metal Black Sabbath, cujo som radicalmente diferente e sombrio levou o gênero heavy metal ao sucesso. Em sua carreira solo(posterior ao Black Sabbath), ele conseguiu sucesso ainda maior e veio a ser conhecido como “Pai do Heavy Metal”. Ele é listado como o oitavo maior cantor de heavy metal de todos os tempos pela revista Hit Parader. Durante seu tempo no Black Sabbath ele ganhou o apelido de Princípe das Trevas, devido ao estilo sombrio de sua música. No início dos anos 2000, a carreira de Ozzy se expandiu para uma nova mídia quando ele se tornou protragonista de seu próprio reality show, The Osbournes, ao lado de sua mulher Sharon Osbourne e de seus filhos Kelly e Jack Osbourne. Ele encontra-se em turnê mundial para promover seu novo albúm, Scream, lançado no dia 22 de junho de 2010. Aos vinte anos, em 1968, montou sua primeira banda, o Polka Tulk, que mais tarde ganhou o nome de Earth. E em 1969, após descobrir a existência de uma banda homônima, ele e Anthony “Tony” Iommi (guitarra), William “Bill” Ward (bateria), e Terence “Geezer” Butler (baixo) decidem adotar outro nome. A idéia surgiu a partir do título de uma história do escritor Dennis Wheatley (que também inspirou a composição de Butler), nascendo então o Black Sabbath.

quinta-feira, 15 de julho de 2010

MARK FREE - The Last Time Aor Melodic Rock Night Drive 1993



Marcie Free, anteriormente conhecido (a) como MARK FREE, é um ótimo músico e compositor que causou impacto dentro do estilo melodic rock com cada lançamento seu, cada um deles se tornou um verdadeiro clássico. Free foi vocalista de vários grupos de AOR entre eles King Kobra, Signal e Unruly Child. Ele (a) também teve uma breve carreira solo após o fim da banda Signal. Mark Free submeteu-se a uma operação de mudança de sexo em meados da década de 1990. Hoje é conhecido (a) como Marcie Free.

quinta-feira, 8 de julho de 2010

BLACK OR WHITE- Cover!



Quem diria que um cover acústico do Michael Jackson pudesse ficar tão bom! (na MINHA opinião, melhor que a versão original).
Não reparem o fato de, com este post, eu estar fugindo da linha do blog, mas de vez em quando é bom variar! :P

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Winger- Miles Away

video

Kip Winger é americano, de Denver. Estudou música clássica na sua adolescência. Começou estudando em Nova York e depois voltou para Denver, com o propósito de estudar na universidade de lá. Ao mesmo tempo que estudava ballet clássico, Kip compunha suas canções voltadas para o Rock. Suas maiores influências eram Yes, Jethro Tull e Alice Cooper.

Em 1982 Kip retornou a Nova York e procurou seu velho conhecido que havia se tornado um conceituado produtor: Beau Hill(Ratt).

Kip começou a fazer trabalhos de freelancer; compunha e fazia arranjos de estúdio juntamente de Beau. A idéia de Kip era formar uma banda, mas estava difícil achar os componentes ideais. Suas contribuições mais relevantes estão no álbum de Fiona “Beyond the pale” e do Kix, onde ele co-escreveu a canção “Bang Bang”.

Em 1986, surge a grande oportunidade de Kip. Alice Cooper procurava por um baixista para gravar o álbum “Constrictor”, e ele conseguiu a vaga. Durante a turnê do álbum, ele aproveitava os momentos vagos para preparar o material para o álbum de sua banda que já tinha mais dois integrantes: Paul Taylor e Reb Beach. O Tecladista e o guitarrista da banda de Alice se mostraram interessados no projeto de Kip. Para fechar o time, ele contactou o renomado baterista de estúdio Rod Morgenstein, que aceitou o convite.

Após gravar mais um álbum com Alice Cooper, a banda entrou em estúdio para a gravação de estréia. Inicialmente a banda se chamaria Sahara, mas por sugestão de Alice, eles usariam o sobrenome de Kip. Como o Van Halen, a banda se chamaria apenas Winger.